MPF inspeciona EFMM e adotará medidas para recuperação do local / Site de Notícias Rond ônia Dinâmica

http://www.rondoniadinamica.com/arquivo/mpf-inspeciona-efmm-e-adotara-medidas-para-recuperacao-do-local,88807.shtml

MPF inspeciona EFMM e adotará medidas para recuperação do local / Site de Notícias Rondônia Dinâmica

Publicada em 09/03/2015 – 11h35min / Autor: assessoria/MPF-RO

MPF inspeciona EFMM e adotará medidas para recuperação do local

União, Estado de Rondônia e Município de Porto Velho devem recuperar o local a fim de preservar o patrimônio histórico e cultural

Galpões abandonados, sujos e com água parada por todos os lados foram as condições constatadas em inspeção realizada hoje, 6 de março, pela procuradora da República Gisele Bleggi nos locais que antes eram utilizados como museu da história de Rondônia e da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré (EFMM). A inspeção teve intuito de verificar in loco a atual situação do complexo da EFMM após a cheia histórica do Rio Madeira a fim de que o Ministério Público Federal (MPF) possa adotar medidas que contribuam para a recuperação do local.

No galpão 1, umas das 10 locomotivas mais caras do mundo, a Coronel Church, está abandonada em meio a terra deixada pela cheia – durante a cheia do Rio Madeira, ela foi coberta pelas águas. As peças históricas que antes ficavam acomodadas no museu, junto à locomotiva, foram levadas para o Prédio do Relógio de Porto Velho (RO) sem previsão de retorno.

Além disso, outro galpão está totalmente vazio e com água parada no chão em decorrência das chuvas; a Estação Ferroviária, construção mais antiga e valiosa do complexo, está pichada e contém lixo em sua extensão; na rotunda, garagem de locomotivas, o capim ocupa maior parte do local e há ainda lixo de fogos de artifícios que foram utilizados para a festa de réveillon da cidade.

Após essas constatações, o MPF pretende adotar medidas judiciais que obriguem a União, o Estado de Rondônia e o Município de Porto Velho a recuperar o local que antes era área de turismo, mas que agora está degradado e atrai usuários de drogas, entre outros.


Fonte: MPF/RO

Enviado via iPad

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.