Iniciadas as obras de alteamento da ponte ferroviária de Jacy-Paraná – Rondoniaovivo.com

http://www.rondoniaovivo.com/noticias/iniciadas-as-obras-de-alteamento-da-ponte-ferroviaria-de-jacy-parana/116571#.U9k68jK9KSM

Iniciadas as obras de alteamento da ponte ferroviária de Jacy-Paraná

Quarta-Feira, 30 de Julho de 2014 / 10:40

As obras de alteamento (elevação) da ponte ferroviária desativada da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, localizada no KM 798 da BR 364, em Jacy-Paraná, já começaram. A ponte metálica será alteada em 2,15m, passando dos atuais 3,65m, para 5,80m, evitando que a estrutura, que tem mais de 100 anos, fique submersa nos períodos de cheia dos rios Madeira e Jacy-Paraná. Mesmo com estudos de consultorias especializadas em cálculos estruturais de pontes apontando que não haveria prejuízo da estrutura com a ação da água da cheia do rio, a Santo Antônio Energia, atendendo uma solicitação da Secretaria Estadual de Esporte, Cultura e Lazer , iniciou as obras no dia 4 de julho visando a conservação deste importante patrimônio histórico de Rondônia

A ponte é formada por treliças metálicas apoiadas sobre bases de concreto. São três vãos, sendo dois menores de aproximadamente 23 metros de comprimento cada um e o maior de 85 metros. Nesta primeira etapa da obra, estão sendo colocados macacos hidráulicos com capacidade para 100 toneladas nas extremidades dos dois vãos menores. Os macacos hidráulicos irão elevar as cabeceiras destes vãos aos poucos. A cada 50cm de alteamento, é feito um “calço” metálico na base da ponte, e, posteriormente, ocorre a concretagem da base (fundação) de concreto armado. O trabalho se repete até atingir os 2,15m. A mesma atividade será feita no vão maior e a conclusão da obra está prevista para novembro. Durante os cinco meses de obras trabalharão no local cerca de 20 pessoas

História

Todas as pontes e pontilhões existentes ao longo da Madeira-Mamoré foram construídos no período de 1907 a 1912. A ponte de Jacy -Paraná ( palavra que em tupi guarani quer dizer Rio da Lua) é a de maior vão livre. A ferrovia foi erguida para trazer a borracha da Bolívia, através de Guajará-Mirim a Porto Velho, e para levar alimentos da capital rondoniense até o Acre. A estrutura da ponte é em aço e pesa mais de 200 toneladas. O livro Estrada de Ferro Madeira-Mamoré – Uma história em Gravuras, da historiadora Yêda Borzacov, menciona relatos de ferroviários que em 1922 teriam presenciado uma grande enchente no rio Madeira, fazendo com que seu afluente Jacy-Paraná invadisse o lastro da ponte, inundando a via férrea. Já naquela época a estrutura era reconhecida como um conjunto de flexibilidade e de força admiráveis, perpetuando a genialidade da arquitetura norte-americana.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.