EFMM mais uma vez no Jornal Nacional

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2014/03/aumenta-o-numero-de-desalojados-pela-enchente-em-rondonia.html

Aumenta o número de desalojados pela enchente em Rondônia

O nível do Rio Madeira continua subindo, em Rondônia. A Defesa Civil estima que mais de 16 mil pessoas estejam desabrigadas ou desalojadas.

Em Porto Velho, o rio avança pela cidade. Nem o patrimônio histórico da estrada de ferro Madeira Mamoré escapou.

Na BR-364, máquinas estão retirando os caminhões que quebraram, na semana passada, no trecho mais alagado da rodovia que leva ao Acre.

A região oeste de Rondônia, perto da fronteira com a Bolívia, está isolada. A única alternativa de acesso por terra é uma estrada inacabada, que passa por áreas de preservação e aldeias indígenas.

A liminar da Justiça Federal que impedia a conclusão da rodovia foi derrubada na semana passada.

Dos 11,6 quilômetros de uma área de proteção ambiental, nove já foram abertos. E a previsão do DER, é de concluir até quarta-feira (26). Depois vem a parte de recuperação da estrada e das pontes.

Os agricultores que vivem por lá querem o fim do isolamento. “Eu e minha mulher caminhamos a pé 20 quilômetros para ir até a cidade tirar o Bolsa Família e fazer compras. Essa estrada é tudo para nós. Precisamos muito dela”, afirma o agricultor Elmir Alves da Silva
agricultor.

Enviado via iPad

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.