Livro registra presença japonesa na EFMM. Era uma vez… Histórias e histórias: A imigra ção na Amazônia – Os Samurais da Selva

http://fusouza.blogspot.com.br/2013/10/a-imigracaona-amazonia-presenca-de.html?m=1

A imigração na Amazônia – Os Samurais da Selva

A imigração na Amazônia

A presença de japoneses na Amazônia data do final do século 19, ainda no período do “boom” da borracha, quando estes ocupam diversas áreas dos Andes peruanos e territórios livres entre a Bolívia e o atual Estado do Acre, trabalhando na extração do látex.

Historicamente, segundo Yoshio Maruoka, historiador nipo-brasileiro, autor do livro “70 anos da Imigração Japonesa na Amazônia”, obra publicada sobre o patrocínio da Associação Pan-Amazônia, Nipo-brasileira, em 1994, há registros fidedignos da existência de japoneses em territórios de Rondônia desde 1900, quando um grupo de peru kudari (japoneses que viviam no Peru) desceu os Andes, vindo da Bolívia e foi ocupar terras no lado brasileiro daquele Estado de Rondônia) e, a partir dessa localidade, deslocando-se até Manaus em períodos intermitentes.

Ainda, de acordo com os estudos desse escritor, além de dedicarem-se ao comércio e à agricultura, alguns desses japoneses chegaram a trabalhar na construção da estrada Madeira-Mamoré, de 1910 a 1912, quando da sua conclusão, participando assim dessa magnífica epopeia no Norte do Brasil, que ficou registrada nos anais da História Universal como um dos maiores feitos de engenharia do homem moderno.

#Do livro OS SAMURAIS DA SELVA – AGUINALDO NASCIMENTO FIGUEIREDO – pág.37

Postado e foto de Francisca Uchôa Souza

Os Samurais da Selva

Estrada de Ferro Madeira Mamoré
Patrimônio da Humanidade. Acesse:

www.efmm100anos.wordpress.com

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.